Diferença Coaxial, Triaxial, Quadriaxial, Pentaxial e Hexaxial(Sextaxial) | Alto Falante

Quando vamos comprar um alto falante de porta ou 6×9 é comum nos depararmos com os nomes Coaxial, triaxial e etc.

E para quem está comprando pela primeira vez um alto falante é muito difícil de identificar qual é o melhor.

Por isso a seguir vamos disponibilizar algumas informações para te ajudar a montar seu sistema de som automotivo.

tipo de alto falantes de porta para som automotivo

O que é um alto falante Coaxial, Triaxial, Quadrixial, Pentaxial ou Sextaxial?

Basicamente falando:

  • Coaxial – 2 vias em um único alto falante;
  • Triaxial – 3 vias em um único alto falante;
  • Quadriaxial – 4 vias em um único alto falante;
  • Pentaxial -5 vias em um único alto falante;
  • Hexaxial (Sextaxial) – 6 vias em um único alto falante.

Estas informações são muito importantes, porém se não sabe o que significa uma via no sistema de som automotivo, não vai adiantar muito. Por isso vamos explicar:

Os alto falantes são os responsáveis pela reprodução do som, porém pelos diferentes tipos de sons que podem ser captados pelo ouvido humano, se um único alto falante tentar reproduzir todos esses sons, ele não conseguirá faze-los com muita qualidade ou potência.

Para solucionar este problema temos alto falantes que reproduzem somente um determinado tipo de som. Como subwoofers que reproduzem somente subgraves, tweeters que reproduzem somente agudos e etc.

tipos de alto falantes e reprodução

A quantidade de tipos de alto falantes (reprodutor de cada tipo de som) que eu utilizo no meu sistema vai dar a “nomenclatura” da quantidade de vias.

1 tipo de alto falante = 1 via
2 tipos de alto falantes = 2 vias
3 tipos de alto falantes = 3 vias
etc etc…

Um exemplo é o kit duas vias (veja o post completo: o que é um kit duas vias), que na verdade é um mid-bass e um tweeter (se complementam na reprodução do som).

alto falante kit duas vias para que serve

Em sistemas de som automotivo, algumas vezes não temos muito espaço para utilizar muitos alto falantes necessários para reproduzir os tipos de som -, além disso o custo do projeto acaba se elevando muito ao utilizá-los. Por isso que surgiram alto falantes que na verdade são dois ou mais alto falantes em um, para dar maior praticidade e reduzir o custo do projeto.

  • Coaxial – 2 ”tipos” de alto falantes em um;
  • Triaxial – ”3 tipos” de alto falantes em um;
  • Quadriaxial – ”4 tipos” de alto falantes em um;
  • Pentaxial – ”5 tipos” de alto falantes em um;
  • Hexaxial (Sextaxial) – 6 ”tipos” de alto falantes em um.

Trazendo para a mercado de som:

  • Coaxial – 1 Mid Bass + 1 Tweeter;
  • Triaxial – 1 Mid Bass + 2 “Tweeters”;
  • Quadriaxial – 1 Mid Bass + 3 “Tweeters”;
  • Pentaxial – 1 Mid Bass + 4 “Tweeters”;
  • Hexaxial (Sextaxial) – 1 Mid Bass + 5 “Tweeters”.

*Mid bass = Médio grave / Tweeter = Agudo

Qual o melhor alto falante o Coaxial, o Triaxial, o Quadrixial, o Pentaxial ou o Sextaxial?

Depende. Lembra-se que disse no começo do post que estes alto falantes são geralmente de polegadas pequenas (3” à 6×9), ou seja, esses alto falantes que são adicionados na torre do alto falante, são extremamente pequenos também, e acabamos acrescentando somente agudos ao sistema.

Ou seja, o ideal é colocar na balança o principal ganho desses alto falantes que é o baixo custo, contra ao ganho que quer do sistema em relação aos agudos.

Quanto maior a quantidade desses pequenos alto falantes, maior a facilidade em reproduzir agudos (comparando modelos da mesma marca e valor em rms parecidos).

diferença coaxial triaxial quadriaxial pentaxial sextaxial alto falante

Veja também> Qual Alto Falante é melhor usar? 8 10 12 15 ou 18 polegadas | Tamanho 

Qual a melhor opção para o meu caso?

  • Coaxial – Mais comum em 6 polegadas, colocados na portas. Ótimo para utilização em conjunto com subwoofers ou alto falantes que tocam outras frequências;
  • Triaxial – Mais comum em 6×9, 6, 5 e 4 polegadas, colocados nas portas ou tampão. Este tipo é muito utilizado pelos fabricantes e geralmente não são caros. São bons para quem busca praticidade e não querem gastam muito;
  • Quadriaxial – Mais comum em 6×9, 6, 5 e 4 polegadas, colocados nas portas ou tampão. É mais caro que o triaxial, e é ótimo para quem procura um volume alto de agudos sem gastar muito;
  • Pentaxial –  Mais comum em 6×9, colocados no tampão. Possui um volume bem alto de agudos.
  • Sextaxial – Mais comum em 6×9, colocados no tampão e com um módulo pequeno. Possui um volume bem alto de agudos, são bem caros.

Existe diferença sonora por causa do tamanho dos alto falantes também?
Sim. Um alto falante de maior polegada, tem maior facilidade na reprodução de sons mais graves, comparando um de 6 polegadas com um de 4 polegadas, por exemplo, o de 6 tem essa “vantagem” (que é pequena). Porém, em muitos casos não há como escolher o tamanho para o seu carro, pois ele já vem padrão de fábrica.

Clique aqui e veja o tamanho de alto falante de porta para o modelo do seu carro;

Outro ponto importante, é a “qualidade” da porta do veículo para a reprodução de som. A porta é onde geralmente são instalados esses tipos de alto falantes, e dependendo do modelo do seu carro, uma porta  mais rígida (dentre outros fatores) pode proporcionar melhor ganho nos graves, mesmo utilizando o mesmo alto falante. Para melhorar a qualidade sonora desses alto falantes instalados nas portas, pode optar por instalar uma manta acústica.

Qualidade e Potência:

Esses tipos de alto falantes, como dito acima, são encontrados no mercado automotivo de 3 à 6×9, por isso se você quer um sistema com qualidade, não precisa necessariamente escolher o modelo com mais tweeters e etc. vale a pena lembrar que um sistema de qualidade possui uma harmonia entre as frequências, ou seja, com mais tweeters no alto falante se consegue maior volume de som, mas não qualidade.

Se quer um volume alto de som (agudo), escolha o com mais tweeters. Se quer mais qualidade, escolha um sistema mais equilibrado, ou seja, um coaxial e um subwoofer. Pense também na utilização de um Kit Duas vias.

som automotivo com kit duas vias e kit coaxial

Alto falante Coaxial, Triaxial, Quadrixial, Pentaxial ou Sextaxial na prática:

Texto de autoria da AudioPhonic:

Somos condicionados a pensar que quanto mais, melhor. E se custar barato, melhor ainda, certo? Bem, não é o que muitos já notaram. Vamos entender isso.

Existem produtos que não precisam ter mais para ser melhor. Um carro com 5 rodas não é melhor que um com 4, nem na F1.

Uma panela grande com três alças não é melhor que a que tem duas.

Uma camisa que tem 14 botões ao invés dos tradicionais 7 também não o faz melhor.

E um alto falante que conta com 2, 3, 4, 5 tweeters ao invés de apenas um?

Partimos do princípio que o melhor som de reprodução seja o mais igual possível ao original de quando foi gravado.

Queremos ouvir a música, os instrumentos musicais, os vocais e não o “alto-falante” de um ponto de vista ideal.

Assim como nos exemplos acima, já notamos que nem sempre mais é melhor. Em alguns casos, é pior.

Muitos dos nossos seguidores aqui são “macacos velhos” do áudio, seja como instaladores, lojistas, audiófilos, entusiastas e afins.

E muitos já notaram que nenhuma das marcas realmente sérias com proposta realmente na qualidade do áudio em todo o mundo faz alto-falante que não seja o bom e velho COAXIAL com apenas um único tweeter.

Marcas high-end comprovadamente jamais fazem isso e a explicação é bem simples.

  1. Se houver 2, 3, 4, 5 tweeters no alto-falante, o agudo soará mais forte que o médio-grave. Ou seja, afetará pesadamente o equilíbrio espectral do som (muito agudo para pouco médio/grave).
  2.  A torre do alto-falante com tantos tweeters fica enorme e cobre o woofer abafando-o.
  3.  Num quadriaxial, pentaxial ou hexaxial, nem todos os tweeters de fato funcionam. Alguns estão lá mas não estão ligados a nada, não tocam nem o chiado “panela de pressão”.
  4.  O motor de um alto-falante, seja lá qual for ele, é a bobina. No triaxial (2 tweeters e 1 woofer) apenas um dos tweeters tem bobina. O outro funciona via pastilha, que não reproduz música, apenas um chiado que lembra panela de pressão e suja o áudio. O mesmo para o quadriaxial, pentaxial e hexaxial, caso os outros tweeters tenham a tal da pastilha.
  5.  Custam mixaria e geralmente declaram ter centenas de watts de potência. O leigo vai se impressionar – “É bom demais e barato demais! E que potente, olha só, 400W enquanto o outro que tem só um tweeter tem miseráveis 60W e custa muito mais caro!” Pronto, é o que a marca que o produziu queria, fazer você pensar assim e comprar.
  6.  Para que o consumidor leigo não fique na dúvida ou desconfiado na hora de comprar, capricham na estética futurística para parecer ultra high-tech robocop.

Qual a diferença de um alto falante Pioneer Pentaxial para um Mid Bass?